20 de mar de 2010

O Pig baiano existe?

Será que podemos utilizar a expressão “Partido da Imprensa Golpista” (PiG) para se referir a imprensa baiana? Existem diversas similaridades entre as grandes mídias locais e as empresas de comunicação que servem como inspiração para o uso do termo por centenas de blogueiros. Primeiro é que assim como em São Paulo, Rio de Janeiro e outros Estados do Brasil, a imprensa da Bahia ainda é monopolizada por algumas famílias. Os veículos de comunicação baianos também utilizam-se do recurso da “isenção” jornalística para emitir opinião, alguns deles dizem que não possuem opinião, tsc tsc tsc. O Dendê socialista não acredita em jornalismo sem opinião e, a partir de agora o PIG baiano vai ter a sua cloaca exposta. (Continua)

Nenhum comentário:

Postar um comentário