21 de mar de 2010

Deu no Site do PSB: Revolução Chinesa é destaque em Seminário da FJM.


Revolução Chinesa é destaque em Seminário da FJM
Partido Socialista Brasileiro - PSB

Congressos e seminários - 12/03/2010A tarde do Seminário Internacional As Experiências Socialistas Chinesa e de Governos de Esquerda em Países Capitalistas, que acontece até este sábado (13), no Rio de Janeiro, foi marcada pela apresentação da experiência de governo socialista desenvolvido na China. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o desenvolvimento histórico daquele país ao longo dos 60 anos da Revolução Chinesa, além das mudanças que vêem se processando tanto no segmento político quanto econômico.De acordo com o representante do Partido Comunista Chinês Wang Jialei, a China tem passado por um processo de constante crescimento. Entretanto, não se pode pensar no desenvolvimento da China sem pensar no desenvolvimento mundial e vice-versa. Segundo o primeiro secretário Nacional do PSB e presidente da FJM, Carlos Siqueira, ao longo dessas seis décadas “o Partido Comunista Chinês demonstra admirável capacidade de reciclar a política socialista, e para compreender como enfrentar os novos desafios do mundo globalizado”.Em uma intervenção à palestra de Wang Jialei, o jornalista Raimundo Pereira, da revista Retrato do Brasil, destacou os aspectos positivos das mudanças implementadas a partir da Revolução Chinesa. Segundo Pereira, a abertura cambial chinesa, por exemplo, difere-se muito do modelo brasileiro, por não permitir que se entre simplesmente capital especulativo, como ocorreu no Brasil após a implantação do Plano Real. O capital injetado na China deve circular e gerar investimentos positivos.A palestra contou, ainda, com a participação do integrante da Executiva Nacional do PSB e presidente do PSB pernambucano, Milton Coelho, que integrou uma comitiva socialista brasileira que realizou visita política à China. “Estamos construindo um processo de intercâmbio e de integração importante, com um partido revolucionário, que melhorou sistematicamente a qualidade de vida daquele povo e que hoje insere o país em um contexto mundial que não tem como foco a substituição de um império pelo outro, mas que busca respeitar as diversidades”, explicou.Toda a programação é transmitida, ao vivo, pela TV João Mangabeira (www.tvjoaomangabeira.com.br).

Nenhum comentário:

Postar um comentário