18 de abr de 2010

O Pig baiano está sob censura: cognitiva.

A atual configuração da mídia baiana impede o cidadão baiano de ter acesso à informação de qualidade. Os jornais baianos não informam nada, os jornalistas são inaptos para a realização de conteúdo jornalístico que exija qualquer tipo de análise, não é a toa que o principal articulista do jornal Atarde chama-se Samuel Celestino, o paladino da moral e dos bons costumes do PIG baiano. O PIG baiano é incapaz de escrever sobre o mundo, para isso ele compra matérias de outras agencias, eles só são capazes de escrever sobre engarrafamentos. O PIG baiano é o cúmulo do senso comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário